domingo, 19 de agosto de 2018

FILMART - Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz 2018 com 253 filmes inscritos de 40 países e 3 figueirenses vão ser homenageados!

A 5ª Edição do Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz realiza-se de 27 de agosto a 02 de setembro de 2018, e tem 253 filmes inscritos de 40 países, divididos pelas categorias: 
Longas: Ficção - 20, Documentário - 16 / Curtas: Ficção - 49, Documentário - 19 / Vídeo Clip - 53 / Escolas - 96. 
Padrinho do Figueira Film Art: Na 6ª feira 31 de agosto no Centro de Artes e Espectáculos, será homenageado o padrinho do festival que este ano é o dr. Paulo Fragoso, presidente da Academia Portuguesa de Cinema, seguido de um colóquio subordinado ao tema ‘Apoio ao Audiovisual em Portugal’ que contará com algumas caras conhecidas da 7ª Arte. 
Figueirenses homenageados: Como vem sendo hábito, a organização FFA irá homenagear mais 3 figueirenses com pergaminhos dados nas áreas que concernem à Cultura e às Artes em geral. Para esta edição a ter lugar no Casino Figueira a 29 de agosto, foram escolhidos Gonçalo Cadilhe, Alexandra Curado e o Dr. Gouveia de Carvalho.   
Parceria Magenta: À semelhança do ano passado será feita uma parceria com a Magenta-Associação de Artistas pela Arte, sob a forma de concurso de pintura relativo à 7ª Arte, cujas obras serão depois expostas na Sala 3 do CAE.  
Cerimónia de Abertura: Realizada no CAE a 27 de Agosto com a exibição do filme “French Cancan” realizado por Jean Renoir em 1954. Este filme faz parte do grande ciclo de cinema francês que a Leopardo Filmes iniciou no Cinema Nimas no dia 12 de julho, e no qual este filme apenas será exibido a 15 de setembro. Será assim uma antestreia no Figueira Film Art. Recorde-se que este filme é unanimemente considerado uma obra-prima do Cinema. A sua exibição contará com uma versão restaurada e será precedida de uma conferência de imprensa marcada para as 21h30. 
Cerimónia de Encerramento: No CAE, sábado 01 de setembro, onde será entregue o galardão FFA aos filmes premiados. No domingo dia 2 serão exibidos os filmes vencedores da 5ª edição do FFA. Uma vez mais, a Orquestra de Jazz do CAE irá abrilhantar a cerimónia. 
Apoios: Câmara Municipal da Figueira da Foz, Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz, Casino Figueira, Sweet Atlantic Hotel & Spa, Octagono, Glassdrive, Restaurante Olaias e Fordoc.

SIRL - Concerto de Solidário com os Bombeiros Voluntários de Góis

Este concerto está inserido na 7ª edição do estágio técnico-artístico com o compositor Afonso Alves que a Sociedade Instrução e Recreio de Lares, através da sua Banda Filarmónica, realizou entre os passados dias 30 de julho e 4 de agosto. 
Pretende-se com este concerto, a realizar no próximo dia 25 de agosto pelas 21h30 na Casa da Cultura de Góis, retribuir o acolhimento que a SIRL obteve em 2016 e assim ajudar com a totalidade da receita aquela corporação.

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Ópera de Seki, do Japão, apresenta espetáculo 'The Sound of Ocean Waves' no Centro de Artes e Espectáculos com entrada livre!

A companhia Ópera de Seki, do Japão, apresenta no CAE a peça musical “The Sound of Ocean Waves”. A peça, dividida em 2 atos, conta a história da chegada dos comerciantes portugueses à Ilha de Tanegashima, situada no sul de Kyushu, em 1543. Entre outros objetos, traziam consigo o mosquete disparado por pavio. Um ferreiro japonês começou, então, a tentar fabricar esta arma, e, após um árduo trabalho e vários esforços, com a ajuda da sua filha e de outros habitantes da ilha, acabou mesmo por consegui-lo. Com o desenrolar da narrativa, e após alguns acontecimentos relevantes, esta arma irá desempenhar um papel determinante na história… 
Música: Tatsumi Kumazawa | Libreto: Naotarou Matsuoka | Intérpretes: Hisashi Nakashima, Mayumi Sato, Ayane Tomizawa, Gento Nakashima ,Takashi Niwa, Ryuji Nagamine , Masahiro Koketsu, entre outros | Diretor Musical: Ritsuko Takai | Diretor de Palco: Kouzou Asano "The Sound of Ocean Waves" pela companhia Ópera de Seki, do Japão. CAE, segunda-feira dia 20 de agosto, 22h00, com entrada gratuita, mediante levantamento de ingresso na bilheteira do CAE.

Noites de Verão quentes e gratuitas na piscina do Alqueidão

Sociedade de Instrução Tavaredense leva ao CAE 'O Costa do Castelo'

Em 2018 a Sociedade de Instrução Tavaredense aposta na Comédia Musical “O Costa do Castelo”.  Após uma adaptação para teatro, este grupo amador com cerca de 50 elementos deliciou plateias com esta brilhante aventura. 
A história é sobre um jovem rapaz, André, membro de uma família nobre e rica, que se apaixona perdidamente por uma rapariga do povo, Luisinha. 
Para ver Luisinha todos os dias, André decide então ir morar na mesma casa que ela dando um nome falso e dizendo-se chauffeur. Mas, quando tudo parece estar a correr bem, eis que a tia de André, a Sra. Dona Mafalda desmascara o seu sobrinho pondo fim àquele maravilhoso sonho... 
Adaptação e Encenação: João Miguel Amorim | Sonoplastia: Nuno Pinto | Desenho de Luz: António Liberto | Cenografia e Adereços: José Manuel Cordeiro de Oliveira, Álvaro Freitas, José Alberto | Caracterização: Gabriela Amado | Intérpretes: João de Bastos, Raquel Rodrigues, João José Silva, Lina Fadigas, Helena Rodrigues, José António Maia, Daniel Santos, Joana Pais, Manuela Fadigas, Cristiana Fadigas, Álvaro Freitas, Celeste Freitas, Celeste Dinis, Sílvia Pinto, Adelaide Faria, Fátima Cação, Madalena Santos, Patrícia Abigail, Ana, Margarida Serôdio, Tânia, Mafalda Maia, Carolina Fernandes, Rafael Cardoso, Teresa Maia, João Miguel Amorim. 
Peça de Teatro "O Costa do Castelo" pela SIT – Sociedade de Instrução Tavaredense - Centro de Artes e Espectáculos, 25 de agosto, 22h00. Bilhetes a 5 euros.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Sábado à tarde com Sambão na Praça do Forte!

A partir das 15h00 com as Escolas de Samba do Novo Império, dos Unidos do Mato Grosso, de A Rainha, Sócios da Mangueira, Vai quem Quer, Charanguinha e Brasis École!

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Jardins de Verão no Jardim Interior e Anfiteatro Exterior do CAE vai ter mais 3 edições

Este novo conceito denominado Jardins de Verão decorre no mês de agosto em quatro edições, às sextas-feiras, no Jardim Interior e Anfiteatro Exterior, pelas 23h30, logo após o final da sessão de cinema, com entrada livre. 
A primeira já teve lugar no dia 3 com um concerto de Sérgio Lucas. vencedor da 2ª edição do concurso da SIC Ídolos, e que editou dois trabalhos a solo: “Qual a Cor” e “Até ao Fim”. 
No dia 17 de agosto, pelas 21h30, tem lugar, no Anfiteatro Exterior, uma sessão de Cinema ao Ar Livre com um clássico da comédia: “As Férias do Sr. Hulot”, realizado em 1953 por Jacques Tati, seguindo-se um concerto com João Gentil e Franco Chirife, que apresentam um cardápio musical que promete unir as suas influências comuns de Portugal e da Argentina, numa viagem que promete um repertório eclético de melodias doces com algumas composições próprias em simbiose com outras com arranjos revisitados. 
No dia 24 de agosto é a vez de João Couto apresentar, no Jardim Interior, temas do seu álbum de estreia “Carta Aberta”, em que canta, de um ponto de vista marcadamente pessoal, a solidão, a fuga, o amor e o desamor, a rotina e a promessa, revelando-se um dos mais promissores cantautores nacionais. 
Finalmente, a 31 de agosto, o evento Jardins de Verão encerra com a voz de Inês Santos, vencedora do concurso “Chuva de Estrelas”, em 1995, que apresentará ao público um repertório preenchido por clássicos da música portuguesa.

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Maiorca = Findagrim 2018 decorre da próxima 4^feira a domingo com grandes nomes do panorama musical português!

A edição de 2018 da FINDAGRIM - Feira Comercial, Industrial e Agrícola de Maiorca que se vai realizar de 8 a 12 de agosto na Feira Nova de Maiorca (Figueira da Foz), tem como finalidade a divulgação das potencialidades económicas e culturais da freguesia de Maiorca e da região.
Pelo espaço, além de tasquinhas e bares a cargo das coletividades da freguesia a servir a gastronomia e doçaria local - onde são reis pratos como a caldeirada de enguias, o arroz de cabidela ou a padela assada entre outros, e doces como as papas de moado e o famoso arroz doce confecionado com o Arroz Carolino do Baixo Mondego - irão estar presentes várias empresas da região a mostrar as suas atividades e as suas potencialidades, a par de uma mostra de artesanato. 
Haverá desfiles dos potes e dos aventais tradicionais, e uma prova de arroz doce, e o desfile de Carroças Tradicionais, bicicletas antigas e trajes de época terá como objetivo mostrar e valorizar animais que ajudam o homem no trabalho do campo nesta freguesia pois antigamente os burros, as vacas e os cavalos faziam parte do quotidiano da vila, quer na laboração de terra, no trabalho da eira ou no transporte de produtos agrícolas. Estes animais desfilarão engalanados, conduzidos pelos seus donos trajados a rigor, representando quadros vivos alusivos a temas rurais da região e do passado.
Recriando usos e costumes, contrasta-se o trabalho difícil mos campos de Maiorca com os dias festivos em que se veneravam os santos das capelas de Maiorca e das freguesias vizinhas. Nestes dias vestiam-se as melhores roupas para seguir com devoção a procissão, onde as preces e promessas variavam conforme as dificuldades de cada qual. 
Nas ruas enfeitadas, rapazes e raparigas dançavam ao som de músicos que se juntavam nos pavilhões; foguetes no ar, quermesse e as tascas não podiam faltar nestas romarias, dando um colorido, movimento e convívio a todos os seus participantes. 
Este desfile irá ter a participação de pasteleiras (bicicletas antigas) cujos ciclistas irão trajados a rigor tal como os que vão a cavalo ou em charretes. A Findagrim marcará presença no dia 8 de agosto – dia da sua abertura - na rúbrica “Olhá Festa” da SIC.

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

A Grande Ressaca' com Carlos Cunha vem ao CAE

'A Grande Ressaca' é uma comédia teatral protagonizada por Carlos Cunha, no papel de Alberto, um empresário de mariscos congelados que há dez anos perdeu a sua mulher para Ramiro, um empresário com a mania que vende mariscos vivos (e vende mesmo). Alberto vive angustiado com esta perda e nunca deixou de acreditar que a sua mulher vai voltar para casa. 
Na noite em que Alberto faz sessenta anos, ele e o seu amigo – e empregado – Jaime, abusam da bebida, o que dá origem a uma grande ressaca no dia seguinte, ressaca essa com uma particularidade: Alberto não se lembra de nada do que fez na noite passada. Todavia, Jaime lembra-se e vamos descobrindo ao longo da peça que a noite foi tudo menos uma noite normal, e que, inclusivamente, Alberto matou Ramiro… e o corpo está lá em casa. 
Dá-se então início, num ritmo frenético e com muitas personagens à mistura, ao contrarrelógio que Alberto terá de fazer para se livrar do corpo do amante da mulher (e de uma acompanhante que o chantageia), que agora quer regressar a casa. No meio de muito humor e situações altamente inusitadas, também se tocam temas fortes, como o amor, a solidão, os afetos e a idade… 
Autoria: Roberto Pereira | Encenação: Carlos Cunha | Direção Plástica: Helena Reis | Elenco: Carlos Cunha, Érika Mota, Nuno Pires, Lígia Ferreira, Élia Gonzalez | Produção: Carlos Cunha Produções.
'A Grande Ressaca' com Carlos Cunha - Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz, dias 10 e 11 de agosto, 22h00. 
Bilhetes a 10 e 12,50 euros, à venda em www.cae.pt e na bilheteira do CAE.

terça-feira, 24 de julho de 2018

Concerto de Encerramento da 11ª Edição do Festival de Música da Figueira da Foz

Realiza.se no próximo domingo dia 29 de julho às 18h00, no Grande Auditório do CAE, o Concerto de Encerramento da 11ª Edição do Festival de Música da Figueira da Foz - Orquestra Nacional de Jovens. 
Pelo 11º ano, a Câmara Municipal da Figueira da Foz e a Glorious Experience Associação - Entidade Gestora da Orquestra Nacional de Jovens e Orquestra Nacional Juvenil, recebe o Festival ONj - Figueira da Foz, composto por mais de uma centena de jovens oriundos de todo o país.  
Destaques para a participação do Maestro convidado Pablo Urbina, para as apresentações finais das classes de Dança com a orientação da professora Mónica Mendes e Classe de Teatro com a orientação do professor André Madaleno, e ainda para a estreia da Orquestra Nacional Juvenil dirigida pelo Maestro convidado Bruno Martins. 
Para finalizar, todos os alunos irão interpretar uma obra surpresa dirigidos pelo maestro Cristiano Silva.  
Bilhetes a 10 euros à venda em www.cae.pt e na bilheteira do CAE.

Filarmónica Dez de Agosto leva comédia ao palco com Octávio de Matos, e fados à Praça Velha com o grupo ‘Insígnia’

"Quem é o Jeremias???" é uma comédia de Tomé Lisboa que conta com a participação de artistas bem conhecidos do público português, tendo como cabeça de cartaz Octávio Matos. A peça sobe à cena no Palco Maria Olguim da Sociedade FIlarmónica Dez de Agosto no próximo sábado dia 28 de julho a partir das 22h00 e integra as comemorações do 138.º aniversário da coletividade. 
Bilhetes à venda na cabeleireira Ana Maria e no Quiosque da Praça 8 de Maio. 
................................................... 
Por sua vez continuam as Serenatas do Mondego. Depois de na passada 4ª feira mais de três centenas de pessoas terem assistido à primeira sessão na Praça Nova, nesta 4ª feira dia 25 de julho mas na Praça Velha será a vez de atuar o Grupo de Fado ‘Insígnia’ com grandes clássicos do Fado de Coimbra. 
Serenatas do Mondego sempre às quartas feiras até 15 de agosto. Figueira da Foz, uma cidade com muitos fados!

A Academia Kompassos Daya Dança arrecadou 12 prémios em Concurso Internacional

A Academia Kompassos Daya Dança, sediada na Assembleia Figueirense, participou entre os dias 19 e 22 de julho no Concurso Internacional ‘Aveiro Festival Dance-2018 que se realizou no Cine Teatro de Aveiro, apresentado 14 coreografias. Destas, doze obtiveram prémios, em estilos como o Ballet Clássico, Dança Contemporânea e Modern Jazz, concorrendo com escolas de renome internacional.
Presentes há já 10 anos nesta Assembleia Figueirense, estes prémios mostram como esta escola e seus professores Dayamira Garcês, Arnaldo Borroto e Tamara Ruiz  se dedicam com sabedoria e empenho no ensino da Dança. 
1º lugar solista – Maria Eduarda Virgínio em Show Dance; 
2º lugar Solista - Francisco Maduro em Ballet Clássico, Jazz e Repertório “Paquita e Pax de deux “; 
2º lugar Dueto Pax de Deux – Francisco Maduro e Francisca Freire; 
2º Lugar – Dueto Filipa Miranda e Daniela Garcês – Modern Jazz; 
2º lugar – Grupo Modern Jazz – Maria Cruz, Maria Viegas, Filipa Miranda, Daniela Garcês, Catarina Figueiredo, Alexandre Ramos, Maria Lázaro, Sara Menezes, Inês Guerra, Constança Diniz, Eduarda Virgínio, Daniela Santos, Carolina Teixeira; 
2º Lugar – Grupo Contemporâneo - Maria Cruz, Maria Viegas, Filipa Miranda, Daniela Garcês, Inês Guerra, Carolina Teixeira, Matilde Costa, Inês Cardoso, Carolina Tonel, Francisco Maduro, Célia Godinho, Matilde Coelho, Maria Simões, Lourenço Esteves; 
2º lugar – Grupo Show Dance – Maria Patrício, Eduarda Virgínio, Leonor Simões, Júlia Cadete; 
3º lugar solista – Francisco Maduro – Contemporâneo; 
3º lugar – Francisca Freire – Neo- clássico; 
3º lugar – Dueto Francisco Maduro e Matilde Costa – Contemporâneo; 
3º lugar – Trio – Matilde Costa, Inês Cardoso, Carolina Tonel - Contemporâneo.

Filme ‘À Distância’ de Lorenzo Vigas passa no CAE

Armando, um homem rico de meia idade, atrai rapazes jovens para sua casa com dinheiro. Não lhes quer tocar, só ver a uma determinada distância. Ao mesmo tempo, segue homens de negócios idosos com quem aparenta ter tido uma relação traumática. O primeiro encontro de Armando com Elder, líder de um pequeno gang, é violento, mas tal não desencoraja o fascínio do homem solitário pelo adolescente. 
Problemas com dívidas impelem Elder a visitá-lo regularmente e uma inesperada intimidade surge. Mas o passado de Armando que paira sobre a sua vida com cada vez mais intensidade, leva Elder a cometer um derradeiro ato de afeto em seu nome. 
Realização de Lorenzo Vigas, com Alfredo Castro, Luis Silva e Jericó Montilla; Drama, Venezuela, 2015; 01h33, m16 anos. Bilhetes a 4 euros.

terça-feira, 17 de julho de 2018

Carvalhais de Lavos acolhe Festival Nacional e Internacional de Folclore e Concerto com música das décadas de 70 e 80!

O Centro Recreativo Cultural Carvalhense de Carvalhais de Lavos vai ter o próximo fim de semana em grande com a realização do XXXVI Festival Nacional / XXI Internacional de Folclore, na 6ª feira dia 21 e no sábado dia 22 de julho. 
E na própria 6ª feira dia 21, noite de convívio internacional, decorrerá um baile pelas 22h00 com a Banda TRC (Turntable Revival Band) com música dos anos 70 - 80 no salão do CRCC.
 

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Serenatas do Mondego da Filarmónica Figueirense com cinco concertos na Praça Nova, Praça Velha, Jardim e encerramento no Espelho d’Água com Cuca Roseta! - MAGENTA acompanha com pinturas ao vivo

As Serenatas do Mondego estão de volta à baixa da cidade da Figueira da Foz, num total de cinco concertos, de entrada livre, com início marcado para esta 4ª feira dia 18 de julho, repetindo-se todas as quartas-feiras, sempre às 22h, até ao dia 15 de agosto. 
A organização, a cargo da Sociedade Filarmónica Dez de Agosto, entendeu reduzir o número de concertos (em 2017, foram sete) a favor do incremento da qualidade da programação, uma vez que reduzindo a quantidade foi possível agregar verbas para pagamento de honorários superiores. A aposta resulta numa programação de luxo, que inclui duas noites dedicadas ao fado de Coimbra e três noites de fados de Lisboa. 
O primeiro concerto, agendado para a Praça 8 de Maio, estará a cargo de Sara Travassos & Cláudio Dias, acompanhados por Carlos Ligeiro (Guitarra Portuguesa) e Tiago Cordeiro (Viola de Fado), que farão uma incursão muito pessoal, em duetos repletos de sensibilidade, pelos grandes temas da canção nacional. 
Cuca Roseta, uma das mais prestigiadas e reconhecidas vozes da nova geração do fado, encerra o programa, no Espelho d’Água, a 15 de Agosto, onde apresentará o concerto “Luz”. Mas antes disso, os grupos de fados Insígnia (dia 25 de julho, na Praça Velha) e Amanhecer (dia 8 de agosto, no Jardim Municipal), que integram a Secção de Fado da Associação Académica da Universidade de Coimbra, trarão à cidade os clássicos da canção coimbrã, transportando para a foz do Mondego a nostalgia e paixões dos estudantes da academia mais antiga do país. Pelo meio, no dia um de Agosto, o Mercado Municipal promete transformar-se numa casa de fados para um concerto de Teresa Tapadas, outro dos grandes nomes do fado, que chega à Figueira da Foz para um concerto cheio de alma lusa. 
Dar tempo à cidade para (re)descobrir e viver as suas praças e jardins continua a ser uma das premissas do evento, que se associa ao Ano Europeu do Património Cultural na promoção e divulgação do património material e imaterial, como é o caso dos monumentos e do próprio fado. Para tanto, além dos concertos em espaços emblemáticos da cidade, serão publicadas pequenas notas históricas sobre esses lugares numa brochura de distribuição gratuita, que incluirá também informação sobre cada um dos artistas convidados. 
A MAGENTA assume-se parceira do projeto, propondo, a exemplo do ano anterior, pinturas ao vivo em todos os concertos, cujo resultado poderá ser visto numa exposição a inaugurar no próximo mês de Setembro. 
As Serenatas do Mondego contam com os apoios da Câmara Municipal da Figueira da Foz, da Junta de Freguesia de Buarcos e São Julião e da PSP.

Woodrock Festival na Praia de Quiaios - dias 19, 20 e 21 de julho!

Passes gerais 24 euros, disponíveis nas lojas FNAC, WORTEN, CTT, online e também na bilheteira do recinto. 
Bilhetes diários, apenas na bilheteira do recinto: Dia 19=8 euros | Dia 20=13 euros | Dia 21=13 euros. Campismo gratuito para os portadores de pulseira geral. 
Entrada de veículos no Parque de Campismo de Quiaios (incluindo autocaravanas) 2.50 euros p/dia.
Da Figueira da Foz haverão autocarros para a Praia de Quiaios que partirão da Central de Camionagem ao lado da estação da CP da Figueira da Foz (empresa Transdev). 
Lema do Festival: A NOSSA PRAIA É O ROCK!!

Sessão de Cinema "Western" no CAE

Um grupo de trabalhadores alemães da construção civil começa um trabalho difícil num estaleiro de uma zona rural da Bulgária. A terra estrangeira desperta o sentido aventureiro dos homens, mas eles também se confrontam com os seus próprios preconceitos e desconfianças, acentuados pela barreira linguística e pelas diferenças culturais. Tudo aponta para um confronto quando dois homens começam a competir pelo reconhecimento e favor dos locais. 
CAE, 6ª feira 21 de julho, 21h30. Filme ‘Western’. 
Realização: Valeska Grisebach; Intérpretes: Meinhard Neumann, Reinhardt Wetrek, Veneta Frangipova; Drama, Alemanha, 2017; 02h00, m/14 anos. Bilhetes a 4 euros.

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Festimaiorca 2018 tem início amanhã e vai decorrer seis dias

Festimaiorca = Trata-se de uma iniciativa que começou em 1975 e ao longo das suas 43 edições já passaram pelo palco do Terreiro do Paço em Maiorca, freguesia do concelho da Figueira da Foz, grupos oriundos de mais de 40 países: Áustria, Espanha, França, Itália, Índia Bélgica, Holanda, Alemanha, Grécia, Turquia, Sérvia, Suécia, Rússia, Geórgia, Ucrânia, Lituânia, Hungria, Roménia, Bulgária, México, Argentina, Israel, Togo, Serra Leoa, Timor, Republica Checa, Eslováquia, Eslovénia, Peru, Indonésia, Uruguai, Venezuela, USA, Bolívia, Equador, Colômbia, Senegal, Estónia, Letónia, Polonia, Bielorrússia, Roménia, bem como das várias regiões de Portugal, incluindo Açores e Madeira. 
 Esta que é a 44ª edição vai decorrer de 14 a 19 de julho, e conta com as presenças, para além de Portugal, da Argentina, Brasil, Colômbia, Espanha, Rússia e Taiwan, que irão visitar, atuar e animar diversos locais de freguesias do concelho. 
Participações
Grupos internacionais: Argentina - Ballet Argentino Calden Gaucho; Brasil - Grupo Sarandeiros de Minas Gerais; Colômbia - Compañía Artística Danzar; Espanha - Cultivando el Arte; Rússia - Agricultural Acadamy′s Dance and Song Ensemble ‘Razdolie’ from Buryatia; Taiwan – HCL – Dance Theatre. 
Grupos Nacionais (vindos de fora do concelho da Figueira da Foz): Grupo Etnofolclórico Renascer de Areosa – Viana do Castelo; Rancho Folclórico de Tregosa - Barcelos; e Rancho Folclórico do Covão do Coelho – Ourém. 
Grupos do concelho da Figueira da Foz: Rancho Folclórico da Casa do Povo de Maiorca; Rancho Folclórico e Etnográfico ‘Os Cavadores do Saltadouro’ - Tavarede; Grupo Etnográfico do Arneiro de Fora; Rancho das Cantarinhas de Buarcos; Rancho Folclórico ‘As Salineiras de Lavos’; Rancho Morenitas da Gândara; Rancho Papoilas de Lares; e Rancho ‘Os Ferreiros’ de Carvalhais de Lavos. 

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Gala dos Pequenos Cantores próximo domingo de manhã no CAE, gratuito e em direto na RTP 1

A 30ª Gala Internacional dos Pequenos Cantores da Figueira da Foz irá decorrer no próximo domingo de manhã dia 15 de julho, às 11h00, no Centro de Artes e Espectáculos, com entrada gratuita (mediante levantamento de ingresso na bilheteira do CAE). 
São 13 pequenos mas convictos embaixadores das culturas em que nasceram: Cabo Verde; China; México, Eslováquia e, claro, Portugal do Continente às Ilhas. 
Lara Carvalho Nunes de 10 anos é da Figueira da Foz, quer ser cantora, adora praia e gosta da sua música porque fala das profissões do futuro; 
Diogo Sousa Silva de 9 anos vem da Madeira, gosta de muito música clássica e de brincar com legos; 
Inês Bastos Nunes, de 8 anos, natural de Paços de Ferreira, gosta mesmo é de viajar por aí e passear; 
Frederica de Paiva Araújo tem 7 anos, chega dos Açores e em pequenina era conhecida como caracoleta… e uma das suas cantoras preferidas é a Carolina Deslandes; 
Lude Ding, 10 anos, nasceu na China mas vive em Lisboa e gosta muito do nosso país porque tem muitas pessoas de muitas culturas... 
Ana Ferreira de Almeida, de 10 anos, chega de Guimarães, gosta de natação, montanha e música pop e quer ser cantora ou cientista; 
Alciony de Pina Mendes, de 9 anos, nasceu e vive na Cidade da Praia, em Cabo Verde, e gosta do género musical mais popular da sua terra, as mornas, mas quer conhecer músicas do mundo inteiro e espera que esta viagem a Portugal seja a primeira de muitas viagens ao longo da sua vida; 
Maria Curado Pleno de 10 anos é também da Figueira da Foz, joga Minecraft e gostava de morar num castelo… 
Stefani Cabrita Pereira, de 8 anos vem representar o México e, como adora praia, esperamos que consiga aproveitar as da Figueira da Foz; 
Zara Lopes Furtado tem 10 anos e é de Leiria, onde canta de manhã à noite e, para vir à Gala com a sua música até participou com a sua mesada! 
Martina Klobošičová de 10 anos é da Eslováquia e faz esta viagem com o sonho de nos trazer um pouco da sua cultura e, claro, também de conhecer Portugal; 
Joana da Costa Coelho, também de 10 anos, é de Coimbra e tinha mesmo o sonho de participar nesta Gala… e já está concretizado, Joaninha; 
Leonor Prata Simões de 9 anos e também da Figueira da Foz, promete encantar com uma música que conta, de forma divertida, uma história conhecida de todos… qual será? ............................................................ 
A 30 ª Gala Internacional dos Pequenos Cantores da Figueira da Foz é promovida pela Câmara Municipal da Figueira da Foz e terá transmissão televisiva em direto pela RTP 1 no próximo domingo dia 15 de julho pelas 11h00.
Os participantes vão atuar acompanhados pelo Coro das Pequenas Vozes dirigido pela Maestrina Alexandra Curado e pela Orquestra Mar & Arte dirigida pelo Maestro Rui Lúcio. 
A Escola de Danza da Deputación de Orense - Espanha, abre o espetáculo, e a segunda parte conta com uma voz muito apreciada por miúdos e graúdos: Carolina Deslandes. 
O júri será constituído por João Aurélio Sansão Coelho, jornalista e presidente do Júri; Beatriz Imperatori, diretora executiva da UNICEF Portugal; Carolina Deslandes, cantora; João Carlos Callixto, autor; Carla Bernardino, professora de Canto e Técnica Vocal da Escola de Artes do CAE, e Cristiana Santos, aluna do Conservatório de Música David de Sousa.

Sessão de cinema com o filme japonês ‘Esplendor’

Misako é uma apaixonante escritora de versões de filmes para os incapacitados visuais. Numa projeção, ela conhece Nakamori, um fotógrafo mais velho que está lentamente a perder a visão. Misako descobre as fotografias de Nakamori, que estranhamente a fazem regressar ao passado. Juntos, vão aprender a ver um mundo esplendoroso que era invisível aos seus olhos. 
Filme ‘Esplendor’, realização de Naomi Kawase com as interpretações de Masatoshi Nagase, Ayame Misaki e Tatsuya Fuji; Drama, Japão 2017, duração 01h41, m/12 anos. Bilhetes a 4 euros.

terça-feira, 3 de julho de 2018

Kompassos Daya Dança encerrou ano letivo com espetáculo no CAE

A Academia Kompassos Daya Dança levou à cena, no passado domingo dia 01 de julho, o seu espetáculo “Dança, Vida, Arte”. 
Assinalando o encerramento do ano letivo, a atuação teve lugar no Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz e contou com o desempenho de largas dezenas de alunos e alunas da Academia, que apresentaram um alinhamento eclético composto unicamente de coreografias originais.  As artes deram o mote e brilhou o vasto talento e dedicação dos seus pequeninos (grandes) artistas. 
Com direção geral e artística da bailarina Dayamira Garcés, a Kompassos Daya Dança, Academia residente na Assembleia Figueirense, conta já, na Figueira da Foz, com 12 anos ao serviço do ensino da dança nas suas mais diversas vertentes, tendo recentemente participado na final mundial da Dance World Cup 2018 que se realizou em Barcelona.

Ciclo Internacional de Piano In Memoriam de António Fragoso no CAE

O Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz apresenta no próximo fim de semana, dias 7 de julho, pelas 22h00 e 8 de julho, pelas 18h30, o IV Ciclo Internacional de Piano no âmbito do programa In Memoriam de António Fragoso no Centenário da Sua Morte. 
António Fragoso, Claude Debussy e a pintora Amélia Carneiro serão homenageados nestes dois concertos, em que a música e a pintura estão aliadas. As peças musicais, da autoria destes dois grandes compositores, serão interpretadas por 12 premiados pianistas oriundos da Academia Internacional de Música Aquiles Delle Vigne, com atuações em Coimbra e na Figueira da Foz.
António Fragoso admirava muito Claude Debussy, assim como reconhecia que Amélia Magalhães Carneiro tinha especiais dotes para as Belas Artes. Os seus quadros são como as belas peças de música que se apresentarão nestes dois concertos inesquecíveis. 
Entrada gratuita, mediante levantamento de ingresso na bilheteira do CAE.

Sessão de cinema no CAE com o filme francês ‘As Guardiãs’

Na primeira Grande Guerra, enquanto os homens partem para a frente de batalha, as mulheres são as guardiãs das terras e da propriedade. A história acompanha os anos da Primeira Guerra Mundial e centra-se no papel desempenhado pelas mulheres. Uma delas, Hortense, mãe de família, trabalhadora incansável, contrata Francine, uma jovem órfã, para ajudá-la enquanto a sua filha mostra-se relutante a obedecer. Uma relação de admiração e respeito mútuo floresce entre ambas, até que, para preservar a unidade familiar, Hortense presta-se a sacrificá-la... e acaba por pagar caro por isso. 
Filme ‘As Guardiãs’, CAE, sexta feira dia 6 de julho, 21h30. Realização de Xavier Beauvois, com Nathalie Baye, Laura Smet, Iris Bry e Cyril Descours; Drama, França, 2017; 2h18, m/12 anos. Bilhetes a 4 euros.

segunda-feira, 2 de julho de 2018

RFM Somnii 2018 é já no próximo fim-de-semana na Praia do Relógio na Figueira da Foz!

A Praia do Relógio vai voltar a encher-se de música e muitos sonhos no próximo fim de semana, dias 6, 7 e 8 de julho (6ª feira, sábado e domingo). 
Programa: 
Dia 6 de julho, 6ª feira: Yellow Claw, Angerfist, Quintino, Curbi, Tom Staar, GTA, Rich & Mendes + Opening Act; 
Dia 7 de julho, sábado: Axwell Ingrosso, Chocolate Puma, Slushii, Ummet, Ozcan, Gregor Salto, Moksi, Rich & Mendes + Opening Act; 
Dia 8 de julho, domingo: Alan Walker, Steve Angello, Cesqeaux, Garmiani, Brooks, Corey James, Rich & Mendes + Opening Act. 
=Ver mais informações AQUI=

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Academia Kompassos Daya Dança competiu na final do Mundial do Dance World Cup que se realizou em Espanha

A Academia Kompassos Daya Dança sediada na Assembleia Figueirense competiu em Stiges, Barcelona, na final do Mundial do Dance World Cup 2018, após o apuramento que se realizou no passado mês de fevereiro no CAE. 
A Academia levou o grupo ‘Shake It Off’ que representou Portugal e obteve 79,5 pontos no estilo Show Dance, o grupo ‘Human’ que obteve 75,2 pontos no estilo Modern Jazz. 
De salientar que a final do Campeonato do Mundo de Dança de 2019 será realizada em Portugal, no Fórum Braga.

segunda-feira, 25 de junho de 2018

‘O Deus da Carnificina’ com Diogo Morgado próximo sábado no CAE

O Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz apresenta no próximo sábado dia 30 de junho, pelas 22h00, a peça de teatro "O Deus da Carnificina", com Diogo Infante, Jorge Mourato, Patrícia Tavares e Rita Salema. 
Dois casais, adultos e aparentemente civilizados, encontram-se para resolver um incidente protagonizado pelos seus filhos menores. O que é verdadeiramente sedutor neste confronto é a progressão paradoxal do encontro dos casais. Há uma certa sofisticação na forma como o encontro decorre na tentativa de apurar responsabilidades. O que acontece na realidade é a queda progressiva das máscaras a que nos obrigamos no ato social e um estalar do verniz, que deixa a nu a natureza violenta dos relacionamentos humanos. 
O tema da peça é, necessariamente, a Hipocrisia. O que é curioso é que toda esta dimensão ética e política é colocada neste texto em termos profundamente cómicos. “O Deus da Carnificina” é por isso uma comédia, mesmo que o riso tenha como fronteira a dor que sempre sentimos, quando constatamos a nossa fragilidade humana. 
Autoria: Yasmina Reza | Tradução, Versão e Encenação: Diogo Infante | Intérpretes: Diogo Infante, Jorge Mourato, Patricia Tavares e Rita Salema | Cenografia e Adereços: Catarina Amaro | Desenho de Luz: Tânia Neto | Espaço Sonoro: Rui Rebelo | Assistência de Encenação: Isabel Rosa | Direção de Produção: Ana Rangel e Miguel Dias | Coprodução: Teatro da Trindade INATEL e Plano 6. 
Bilhetes a 8 e 10 euros.

Teatro vezes três no Auditório Municipal

O Auditório Municipal acolhe, no sábado dia 30 de junho,  três espetáculos de teatro que discutem e abordam temáticas da  Figueira da Foz: 'O Flautista e os Ratos' (14h30), 'Instadram' (15h30) e 'Cravo Vermelho' (18h30). 
A encenação está a cargo de Guilherme Lima, a direção musical de Alexandra Curado e os atores são alunos na Escola de Artes do Centro de Artes e Espectáculos com idades compreendidas entre os 7 aos 70 anos.  
Estes espetáculos integram um projeto da responsabilidade de Guilherme de Bastos Lima, ator profissional e professor de teatro, que conduz há mais de um ano três turmas de diferentes faixas etárias na Escola de Artes do CAE.  
No curriculum conta,  entre outras atividades,  com a criação de duas peças originais, o ‘Halloween 2018’ e ‘Figueira e as suas gentes’.
» » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » » »

‘An Evening with Pat Metheny’, espetáculo no CAE

O Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz apresenta, dia 28 de junho, pelas 22h00, o espetáculo An Evening with Pat Metheny, com Antonio Sanchez, Linda Oh & Gwilym Simcock.
Vencedor de 20 Grammys, o guitarrista Pat Metheny traz a Portugal a tour que iniciou em 2016 com uma série extensa de datas em todo o mundo. "An Evening with Pat Metheny" chega a Portugal em junho e julho de 2018 com quatro concertos em quatro cidades: Figueira da Foz, Lisboa, Castelo Branco e Porto. 
Recentemente agraciado como membro do Downbeat Hall of Fame, sendo apenas o quarto guitarrista a consegui-lo (depois de Django Reinhardt, Charlie Christian e Wes Montgomery) Metheny apresentará neste espetáculo uma variedade de música que cobre toda a sua vasta carreira. 
Sendo conhecido pela sua exigência, Metheny juntou um grupo de músicos muito especiais que segundo o próprio “são capazes de tocar toda e todas as fases da minha música bem como proporcionar a capacidade de desenvolver algo novo, muito para além do que já estava feito”. 
A acompanhar Pat Metheny estará Antonio Sanchez na bateria, Linda Oh no contrabaixo e Gwinlym Simcock no piano. 
Bilhetes a 32 e 35 euros à venda em www.cae.pt e na bilheteira do CAE.

O Segredo da Câmara Escura

Jean, jovem parisiense com poucas capacidades e ambições, parece um candidato improvável a assistente do famoso e obsessivo Stéphane, um fotógrafo perfecionista que vive em isolamento desde a inesperada morte da sua esposa. Jean encontra-se na vasta e decadente mansão do seu empregador, para ajudar a criar daguerreótipos à escala humana, tão vividos que parecem conter a alma dos retratados. O seu modelo é quase sempre a filha e musa de Stéphane, Marie. Quando Jean e Marie se apaixonam, apercebem-se que têm de criar um plano para deixar o mundo assombrado de Stéphane. Haverá algo contido nos daguerreótipos que possa impedir a sua fuga? 
Como uma clássica história de fantasmas, este filme é realizado pelo aclamado mestre japonês Kiyoshi Kurosawa, um dos maiores visionários atuais do cinema de terror. 
Cinema no CAE: ‘O Segredo da Câmara Escura’. Realização: Kiyoshi Kurosawa, com Tahar Rahim, Constance Rousseau e Simon Killer. Drama, França 2016. 02h11, m 14 anos. Bilhetes a 4 euros.

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Sessão de cinema com o filme ’Zama’ no CAE

Sinopse: Diego de Zama é um funcionário americano da Coroa Espanhola à espera de uma carta do Rei que o afaste do posto da fronteira no qual se encontra estagnado. A sua situação é delicada. Ele deve tomar precauções para que nada interfira nessa possibilidade. Vê-se obrigado a aceitar, de forma submissa, qualquer ordem dos Governadores que se vão sucedendo, enquanto ele permanece. Alguns anos passam, a carta nunca chega. Quando tudo parece perdido, Zama decide juntar-se a um grupo de soldados em busca de um perigoso bandido. 
Realização: Lucrecia Martel - Intérpretes: Daniel Giménez Cacho, Lola Dueñas, Matheus Nachtergaele - Drama, Argentina 2017, 01h55, m/14 anos. 6ª feira, 22 de junho, 21h30, CAE. Bilhetes a 4 euros.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

‘Madame Hyde’ - cinema francês 6ª feira no CAE seguido do After Movie com o projeto ‘Sequin’ no Café Concerto!

A Sra. Géquil é uma professora tímida desprezada por colegas e alunos. Numa noite de tempestade, durante uma experiência no seu laboratório, é atingida por um raio e desmaia. Quando acorda, sente-se decididamente diferente… e o aparecimento da perigosa Sra. Hyde rapidamente influencia os métodos de ensino da Sra. Géquil. 
Realização de Serge Bozon com interpretações de Isabelle Huppert, Romain Duris e José Garcia; Drama, França, 2017; 01h35, m/14 anos. 
6ª feira, 15 de junho, CAE, 21h30. Bilhetes a 4 euros. 
............................................
Segue-se depois, pelas 23h00 no Jardim Interior, um espetáculo com Sequin, no âmbito do Café Concerto | After Movie.  
Sequin, projeto dirigido por Ana Miró, apresenta um espetáculo com uma dimensão performativa hipnotizadora, dominada por um inevitável apelo à dança.  
As suas músicas levam-nos a uma espécie de orientalidade electro-pop, embalada por uma voz doce e envolvente, por ritmos quentes e sons delicados e pelas ambiências antagónicas que vai criando, num misto de festa e nostalgia. Entrada livre.